Parque onde fica Parlamento catalão é fechado ao público por segurança

Barcelona, 10 Out 2017 (AFP) - A Polícia fechou ao público nesta terça-feira (10) o Parque de la Ciutadella, onde fica o Parlamento regional da Catalunha, como medida de segurança no dia em que o presidente catalão, Carles Puigdemont, poderá declarar a independência do restante da Espanha.

"Por motivos de segurança, o Parque de la Ciutadella estará fechado ao público durante o dia de hoje (terça)", informou a Polícia regional catalã, os Mossos d'Esquadra, pelo Twitter.

A medida busca "prevenir situações de pressão sobre a atividade parlamentar", afirmou um porta-voz da corporação, lembrando que, no domingo, durante uma manifestação pela unidade da Espanha, "um grupo de pessoas forçou os acessos ao parque e lançou objetos contra o edifício parlamentar".

"Busca-se evitar essas situações, tanto por parte de manifestantes unionistas como de grupos separatistas radicais", acrescentou.

Para esta terça, as principais associações separatistas da região haviam convocado uma manifestação diante do Parlamento para "apoiar e defender a declaração de independência" que, finalmente, será transferida para o lado de fora desse parque.

A partir das 18h (13h, horário de Brasília), Puigdemont deve comparecer à câmara regional para avaliar a situação política depois do referendo inconstitucional de 1º de outubro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos