Presidente catalão assina declaração de independência em suspenso

Barcelona, 10 Out 2017 (AFP) - O presidente catalão, Carles Puigdemont, e seus aliados secessionistas assinaram simbolicamente nesta terça-feira à noite uma declaração de independência que ficou em suspenso, à espera de um hipotético diálogo com o governo espanhol.

"Constituímos a República catalã como Estado independente e soberano, de direito, democrático e social", diz o texto, assinado pelos três partidos separatistas, inclusive o de extrema esquerda CUP (Candidatura de Unidade Popular), que havia expresso seu descontentamento pela suspensão da declaração no Parlamento regional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos