Presidente catalão evoca 'mediação'; Madri desmente

Madri, 10 Out 2017 (AFP) - O presidente separatista catalão, Carles Puigdemont, atrasou em uma hora nesta terça-feira seu discurso perante o Parlamento regional, onde ele poderia declarar a independência unilateral da Catalunha, devido a contatos para uma "mediação internacional", uma afirmação imediatamente negada pelo governo espanhol.

Puigdemont deveria falar às 18h00 (13h00 de Brasília) no Parlamento, mas pediu o adiamento da sessão por uma hora por causa de "contatos para a mediação internacional", de acordo com o governo catalão.

Madri imediatamente negou, considerando essa mediação "impensável".

bur-gde/pmr/sg/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos