Rebelião em prisão mexicana tem 13 presos mortos

Monterrei, México, 11 Out 2017 (AFP) - Ao menos treze detentos morreram durante uma rebelião nesta terça-feira na penitenciária de Nuevo León, no norte do México, informaram as autoridades do estado.

Os atos de violência ocorridos na penitenciária de Cadereyta deixaram "treze mortos", todos detentos, revelou em entrevista coletiva Aldo Fasci, porta-voz da secretaria de Segurança de Nuevo León.

No ano passado, uma briga entre facções deixou 49 mortos em Topo Chico, outra prisão do estado de Nuevo León.

Os confrontos, que começaram de madrugada e foram controlados pelos agentes carcerários, ressurgiram pela manhã, quando um grupo de ao menos 20 detentos incendiou objetos, provocando uma coluna de fumaça negra visível a vários quilômetros de distância.

O governo estadual enviou muitos homens das forças de segurança à prisão de Cadereyta, situada na periferia de Monterrey, a terceira principal cidade do México.

As prisões mexicanas, principalmente as sob o controle dos governos estaduais, são frequentemente sacudidas por rebeliões, assassinatos e fugas, e a maioria apresenta sérios problemas de superlotação.

str-yo/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos