UE espera avanços significativos no Brexit antes de dezembro

Bruxelas, 11 Out 2017 (AFP) - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, expressou nesta terça-feira seu desejo de constatar antes de dezembro os avanços necessários nas negociações de divórcio com o Reino Unido que abram o caminho para discutir suas futuras relações.

"Seguiremos as negociações de boa fé e ainda esperamos 'progressos suficientes' (...) antes de dezembro", acrescentou Tusk, diante do Comitê Europeu das Regiões.

Para o presidente que coordena os trabalhos dos mandatários europeus, "se as discussões continuarem em um ritmo lento e não forem registrados avanços suficientes, então, com nossos amigos britânicos, teremos que pensar qual direção tomamos".

Os europeus fixaram inicialmente a cúpula europeia de 19 e 20 de outubro para determinar esses avanços nas três prioridades do divórcio: direitos dos cidadãos afetados pelo Brexit, fatura a pagar por Londres com sua saída e fronteira irlandesa.

Sua validação abriria caminho para discutir um eventual período de transição de dois anos até o Brexit consumar-se, a princípio no final de março de 2019, e as futuras relações de ambos os lados do Canal da Mancha, entre elas um acordo de livre-comércio.

Europeus e britânicos estão na quinta rodada de negociações que terminará na quinta-feira com uma coletiva de imprensa conjunta entre o negociador da UE, Michel Barnier, e seu par do Reino Unido, David Davis.

bur-tjc/jz/cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos