Governo espanhol dá cinco dias para que líder catalão diga se declarou a independência (oficial)

Madri, 11 Out 2017 (AFP) - O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, deu cinco dias ao presidente separatista catalão Carles Puigdemont para esclarecer sua posição sobre a declaração de independência da Catalunha, informou uma fonte do governo.

Se Puigdemont confirmar que declarou a independência de sua região, Madri lhe concederá um prazo adicional, até quinta-feira, 19 de outubro, para voltar atrás, antes de recorrer ao Artigo 155 que permite ao governo espanhol revogar a autonomia da Catalunha, acrescenta a mesma fonte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos