Grupo Estado Islâmico reivindica triplo ataque suicida em Damasco

Beirute, 11 Out 2017 (AFP) - O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta quarta-feira (11) um triplo atentado suicida perto do quartel-general da Polícia síria em Damasco, que deixou ao menos dois mortos.

Dois dos atacantes "entraram no edifício do quartel-general e lutaram com os que estavam dentro (...) Em seguida, detonaram seus coletes explosivos", informou o EI em um comunicado, transmitido pela plataforma de mensagens Telegram. Após este ataque, um terceiro homem também detonou a carga que levava consigo.

Após este ataque, um terceiro homem também fez explodir a carga que levava nos arredores do quartel, explicou o grupo.

Dois policiais morreram e seis pessoas ficaram feridas, entre elas duas crianças, informou o Ministério do Interior.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), as vítimas fatais foram cinco.

Trata-se do segundo ataque suicida na capital síria reivindicado pelo EI em menos de duas semanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos