Após EUA, Israel decide se retirar da Unesco

Jerusalém, 12 Out 2017 (AFP) - Israel anunciou, nesta quinta-feira (12), sua retirada da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), como os Estados Unidos, por causa da tomada de partido anti-israelense, segundo os dois, da organização da ONU, que tornou-se um "teatro do absurdo".

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu "deu a instrução ao Ministério das Relações Exteriores para preparar a retirada de Israel da organização, paralelamente aos Estados Unidos", afirma uma nota de seu gabinete. "A Unesco se tornou o teatro do absurdo, onde se deforma a história, em vez de preservá-la", acrescentou.

scw-lal/nbz/mr/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos