Família americana sequestrada por talibãs em 2012 é libertada pelas forças paquistanesas

Rawalpindi, Paquistão, 12 Out 2017 (AFP) - Uma família composta por um canadense, uma americana e seus três filhos, capturada no Afeganistão em 2012 e em cativeiro desde então, foi libertada durante uma operação do exército paquistanês, anunciaram as forças armadas paquistanesas nesta quinta-feira.

"O exército paquistanês resgatou cinco reféns ocidentais - um canadense, sua esposa americana e três filhos - que eram detidos por terroristas, durante uma operação militar paquistanesa realizada com base em informações dos serviços de inteligência americanos", afirma o comunicado do exército.

"As agências de inteligência americanas seguiam os rastros [dos reféns] e relataram que a família havia sido levada para o Paquistão em 11 de outubro de 2017", acrescentou o exército.

"A operação das forças paquistanesas, com base nas informações das autoridades dos Estados Unidos, foi coroada com o sucesso. Todos os reféns foram libertados com segurança e estão sendo repatriados para seu país de origem", afirma o comunicado.

O exército paquistanês não especificou a identidade das pessoas resgatadas, mas poderia se tratar do canadense Joshua Boyle e sua esposa, a americana Caitlan Coleman, sequestrados em 2012 pelos talibãs durante uma viagem ao Afeganistão.

O casal teve pelo menos dois filhos durante o cativeiro. A família apareceu em dezembro de 2016 em um vídeo dos insurgentes afegãos.

bur-ahe/mct/acc/jvb/mb/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos