Jihadistas estrangeiros não estão autorizados a sair da cidade síria de Raqa

Kobane, Síria, 14 Out 2017 (AFP) - Os membros não sírios do grupo Estado Islâmico (EI) que ainda se encontram em Raqa não serão autorizados a sair desta cidade síria, afirmou neste sábado a coalizão antijihadista internacional liderada pelos Estados Unidos.

Em um comunicado enviado à AFP, a coalizão informou que 100 combatentes do EI se entregaram nas últimas 24 horas em Raqa, cidade sob controle dos extremistas desde 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos