Mais de 3.000 civis deixam a cidade síria de Raqa

Beirute, 15 Out 2017 (AFP) - Mais de 3.000 civis foram retirados de Raqa, reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI) a ponto de cair, onde ainda restam famílias de jihadistas, disse à AFP um porta-voz das Forças Democráticas Sírias (FDS).

"Mais de 3.000 civis saíram na noite de sábado após um acordo e se instalaram em zonas controladas pelas FDS", assinalou Talal Sello, um dos porta-vozes da aliança curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos.

"Já não restam civis em Raqa", excetuando-se as famílias dos extremistas, acrescentou Talal Sello.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos