Pelo menos dois morrem em incêndios criminosos na Espanha

  • Miguel Riopa/AFP

    Voluntários foram corrente humana em Vigo, no noroeste da Espanha, para ajudar a combater chamas de incêndio

    Voluntários foram corrente humana em Vigo, no noroeste da Espanha, para ajudar a combater chamas de incêndio

Madri, 15 Out 2017 (AFP) - Centenas de bombeiros continuavam lutando neste domingo para conter os incêndios no nordeste da Espanha. Segundo as autoridades esses incêndios foram intencionais e provocaram a morte de duas pessoas, além de atrapalharem o tráfego rodoviário e ferroviário na região da Galícia.

Os incêndios mobilizaram 350 brigadas apoiadas por 200 soldados que lutam contra 17 focos diferentes, informou o governo regional da Galícia em comunicado.

As duas vítimas morreram presas pelas chamas dentro de seu veículo na localidade de Nigrán, quando tentavam fugir para se salvar, informou à rede La Sexta o prefeito Juan González.

"A situação é um pouco preocupante. Foi algo repentino e (é) uma locura", disse a autoridade local.

As autoridades explicaram que os incêndios foram alimentados por ventos fortes ventos, pela seca e pelo clima quente para esta época do ano.

O diretor do governo regional da Galícia, Alberto Núñez Feijóo disse que os incêndios foram intencionais.

"São fogo absolutamente intencionais, premeditados, de gente que sabe o que faz", disse à imprensa.

Cinco incêndios ameaçavam o porto de Vigo, forçando a evacuação de um centro comercial e de uma fábrica de PSA Peugeot situada no entorno.

A companhia estatal de trens Renfe disse que a via entre Vigo e Barcelona está fechada por causa dos incêndios.

As autoridades também informaram que há várias rodovias fechadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos