SEC processa Rio Tinto

Nova York, 18 Out 2017 (AFP) - A Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC) anunciou nesta terça-feira ter iniciado um processo judicial contra a gigante anglo-australiana de mineração Rio Tinto e dois de seus diretores, no caso relacionado a minas de carvão em Moçambique.

Na ação, apresentada a um tribunal de Manhattan, a SEC acusa a Rio Tinto, Thomas Alabanese e Guy Elliott - respectivamente presidente e diretor financeiro do grupo de mineração no momento dos fatos - de ignorar as advertências de responsáveis operacionais sobre uma filial moçambicana adquirida em 2011.

A unidade foi comprada por 3,7 bilhões de dólares, e depois revendida por apenas 50 milhões.

Na época da aquisição, Rio Tinto apostava que as minas de carvão em Moçambique lhe dariam um enorme lucro, mas o grupo mudou rapidamente de opinião quando o governo moçambicano negou autorização para exploração.

A decisão afetou consideravelmente o valor dos ativos, e Albanese e Elliott decidiram ocultar o prejuízo dos investidores, afirma a SEC.

"Tentaram retardar e inclusive ocultar a natureza e a extensão dos acontecimentos negativos no conselho de administração, no comitê auditor, com os auditores independentes e com os investidores", segundo a SEC.

"Tentaram salvar suas carreiras em detrimento dos investidores dissimulando a verdade", declarou Steven Peikin, um dos responsáveis da SEC. A manobra durou de maio de 2012 a janeiro de 2013, até a saída de Albanese da direção da Rio Tinto.

lo-jld/lr

RIO TINTO PLC

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos