Tillerson regressa à Arábia Saudita e Catar

Washington, 19 Out 2017 (AFP) - O secretário americano de Estado, Rex Tillerson, não tem muita perspectiva de que haverá progressos na solução da crise entre Arábia Saudita e Catar, dois aliados dos Estados Unidos.

"Não tenho muitas expectativas de que isto se resolva logo", declarou Tillerson em entrevista antes de visitar os dois países, neste final de semana.

"Parece haver uma verdadeira falta de vontade das partes em se comprometer".

Após viajar a Riad e a Doha, o secretário de Estado seguirá para Islamabad e Nova Délhi, antes de regressar a Washington, com escala em Genebra.

Tillerson se reunirá com funcionários sauditas e catarianos durante sua viagem, que concluirá no dia 27 deste mês, para discutir sobre o conflito entre os dois países, que já dura mais de três meses.

O secretário de Estado já havia tentado resolver a disputa durante outra viagem à região, em julho.

Arábia Saudita, Barein, Emirados Árabes Unidos e Egito romperam em junho suas relações diplomáticas com o Catar, que acusam de apoiar o terrorismo e de aproximação com o Irã.

Em Nova Délhi, Tillerson discutirá a estratégia para fortalecer a "aliança estratégica" com a Índia, percebida como uma potência para equilibrar a ascensão da China.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos