Governo espanhol: "Chegamos a uma situação limite na Catalunha"

Bruxelas, 20 Out 2017 (AFP) - O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou nesta sexta-feira que a situação na Catalunha chegou ao limite, em um momento em que seu executivo estuda medidas concretas para intervir na economia dessa região governada pelos separatistas.

"Chegamos a uma situação limite", declarou Rajoy ao final de uma cúpula em Bruxelas, defendendo a resposta de seu governo "quando se liquida a lei, quando se liquida o Estado de direito", quando se celebra um referendo "sem garantias".

Rajoy deu como prazo até quinta-feira ao presidente catalão, Carles Puigdemont, para que confirmasse se havia ou não proclamado a independência dessa região, depois da realização de um referendo a respeito proibido pela justiça espanhola.

A resposta do líder separatista, que não foi direto, não satisfez Rajoy, que convocou para sábado um conselho de ministros dessa região em virtude do Artigo 155 da Constituição espanhola.

"Todas as medidas que tomamos serão anunciadas neste sábado", afirmou.

tjc-meb/acc/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos