ONU aponta governo da Síria como responsável por ataques com gás sarin

Washington, 26 Out 2017 (AFP) - Um relatório da ONU, divulgado nesta quinta-feira (26), determinou que o governo do presidente sírio, Bashar al Assad, foi o responsável por um ataque com gás sarin na Síria, que deixou mais de 80 mortos em abril passado.

"O painel está certo de que a República Árabe da Síria é responsável pelo lançamento de sarin em Khan Sheikhun em 4 de abril de 2017", diz o documento, obtido pela AFP.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos