Puigdemont: intervenção na autonomia da Catalunha "contradiz frontalmente" a Constituição

Madri, 26 Out 2017 (AFP) - O presidente catalão, Carles Puigdemont, afirmou nesta quinta-feira que suspender a autonomia da Catalunha "contradiz frontalmente" vários artigos da Constituição espanhola, em um documento com suas alegações enviado ao Senado, que deve aprovar a medida na sexta-feira.

No texto, o independentista Puigdemont afirma que as medidas perseguidas pelo governo central e que devem ser ratificadas pelo Senado violam "o princípio de autonomia política" das regiões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos