Novas conversações de paz sobre a Síria em Astana

Astana, Cazaquistão, 30 Out 2017 (AFP) - Uma nova rodada de negociações de paz sobre a Síria começou nesta segunda-feira em Astana, capital do Cazaquistão, para abordar principalmente a situação humanitária.

Esta é a sétima rodada de negociações, mediadas por Rússia e Irã, aliados de Damasco, e pela Turquia, que apoia os rebeldes. Os encontros anteriores resultaram na adoção de zonas de distensão em várias regiões da Síria.

O encontro deve durar dois dias, com reuniões a portas fechadas nesta segunda-feira e um comunicado à imprensa na terça-feira, de acordo com fontes diplomáticas do Cazaquistão.

De acordo com o porta-voz do ministério cazaque das Relações Exteriores, Anuar Jainakov, as delegações do regime sírio e da oposição armada, assim como as dos países mediadores dos diálogos, já estão em Astana.

As conversações, sobre questões militares e técnicas, acontecem de modo paralelo às de Genebra, mediadas pela ONU, mais políticas. Ambas pretendem obter o fim de um conflito que deixou mais de 330.000 mortos e milhões de refugiados em seis anos.

No âmbito do processo de Astana foram criadas quatro zonas de distensão na Síria: em Idlib (noroeste), Homs (centro), Guta Oriental - perto de Damasco - e no sul do país.

dr-cr/mp/gmo/jvb.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos