Papa admite cochilar enquanto reza, e diz que isso não desagrada a Deus

Na Cidade do Vaticano

  • Maurizio Brambatti/AFP

O papa Francisco reconheceu que às vezes acaba dormindo enquanto reza, o que não o impede de "santificar o nome de Deus", explicou.

"Eu também, quando oro, às vezes acabo dormindo", confessou o pontífice argentino, sorrindo, em uma entrevista que será transmitida na quarta-feira (1) pela emissora católica italiana TV2000.

O descanso e o sono, se oferecidos a Deus, se convertem em oração, segundo diz a Bíblia e confirmam os santos, explicaram fontes religiosas.

"Santa Teresa do Menino Jesus também dizia isso e sustentava que agradava muito a Deus", declarou o papa, após citar um dos inúmeros salmos em que se fala dos sonhos, se revelam profecias e se pede ao fiel que "se abandone a Deus como uma criança nos braços do pai", disse.

"Essa é uma das muitas maneiras de santificar o nome de Deus, de se sentir uma criança em seus braços", assegurou Francisco.

O papa argentino, de 80 anos, costuma aparecer cheio de energia quando encontra multidões, mas seu rosto se transforma completamente quando reza, ficando sério ou fechando os olhos por longos momentos.

Sabe-se que a sua agenda é muito atribulada e, por isso, dorme às 21h00. Francisco se levanta às 04h, reza e durante a tarde tem o hábito de fazer a sesta, de acordo com fontes do Vaticano.
 

Francisco é um papa mais moderninho que os outros?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos