Dois traficantes de drogas brasileiros são presos na Colômbia

Bogotá, 1 Nov 2017 (AFP) - Dois traficantes brasileiros, foragidos da justiça e pertencentes a uma das principais organizações criminosas do Brasil, foram capturados pelas autoridades da Colômbia, informou a Justiça nesta quarta-feira (1).

Alfonso Celso Caldas de Lima, de 37 anos, e Gregório Graça Alves (conhecido como Mano G), de 30, foram capturados no município de Puerto Boyacá, departamento de Boyacá (centro), em uma operação da Procuradoria e do Exército.

Ambos os criminosos, supostos integrantes da Família do Norte, terceira maior facção brasileira do tráfico de drogas, fugiram da prisão no Brasil em maio de 2016 e em fevereiro de 2015, respectivamente.

Os dois eram procurados por tráfico de drogas, homicídio e extorsão, explicou a Procuradoria colombiana.

Caldas de Lima e Graça Alves entraram em março na Colômbia depois de cruzar a Amazônia brasileira e chegar por via terrestre a Puerto Boyacá, onde segundo as autoridades pretendiam estabelecer "vínculos" com o Clã do Golfo, principal organização narcotraficante na Colômbia.

Os dois estão à disposição da Justiça colombiana, à espera de trâmites diplomáticos para seu traslado ao Brasil, onde devem responder por narcotráfico e fuga de presos, acrescentou o texto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos