Presidente do Equador é tirado da liderança de partido governista

Quito, 1 Nov 2017 (AFP) - O movimento governista Aliança País (AP) destituiu nesta terça-feira o presidente do Equador, Lenín Moreno, de sua direção, aprofundando a crise política no Equador.

A direção nacional da AP anunciou em um comunicado "a perda imediata de sua dignidade como Presidente do Movimento Aliança País do senhor Lenín Moreno Garcés".

No mesmo comunicado, a AP convida o ex-presidente Rafael Correa - hoje adversário declarado de Moreno - a acompanhar o processo de "reestruturação" do partido.

O movimento governista, que desde que Moreno chegou ao poder - em 24 de maio - está profundamente dividido entre partidários do presidente e de Correa, acusa o mandatário de governar com o programa da oposição e atentar contra "a unidade orgânica" do partido.

"A norma interna considera como falta grave, entre outras, as ações políticas que beneficiam objetivamente pessoas ou grupos opositores à política de Revolução Cidadã", explicou a AP por meio de sua secretária-executiva, Gabriela Rivadeneira.

O partido de esquerda, no poder desde 2007, nomeou o ex-chanceler Ricardo Patiño, ligado a Correa, para presidir a AP.

"Hoje adotamos uma decisão valente (...). O presidente da República chegou à presidência com o voto de mais de 50% dos equatorianos, não chegou com o plano de governo da oposição, mas está aplicando o plano de governo da oposição", declarou Patiño.

A ruptura entre Moreno e Correa atingiu um ponto sem retorno quando o presidente anunciou uma consulta popular - sem data prevista - para suprimir a reeleição indefinida aprovada pelo ex-presidente, um passo que para muitos visa impedir o retorno de Correa ao poder em 2021.

A crise política também envolve o vice-presidente Jorge Glas, aliado de Correa e atualmente detido sob a acusação de ter recebido subornos milionários da construtora brasileira Odebrecht.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos