Puigdemont se nega a ir a Madri

Barcelona, 1 Nov 2017 (AFP) - O presidente catalão destituído Carles Puigdemont desobedecerá à convocação da Justiça espanhola para comparecer a um tribunal em Madri na quinta-feira (2) e pedirá para ser interrogado da Bélgica, informou nesta quarta-feira (1º) seu advogado à televisão pública catalã.

"Ele não vai a Madri, e eu sugeri que fosse interrogado aqui na Bélgica. É possível, já tive casos passados, quando o suspeito foi interrogado na Bélgica", declarou o advogado Paul Bekaert, na TV3.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos