Terrorista de Nova York planejou o atentado durante semanas

Nova York, 1 Nov 2017 (AFP) - O suspeito do atentado de terça-feira que deixu oito mortos em Nova York, Sayfullo Saipov, planejou o ataque durante semanas e deixou bilhetes escritos em árabe com menções ao grupo Estado Islâmico, informou a polícia nova-iorquina em coletiva de imprensa.

O uzbeque de de 29 anos foi interrogado no hospital em que está internado depois de ter sido baleado pela polícia na barriga e nunca apareceu nas investigações do FBI, a polícia federal americana, nem nas da inteligência policial, segundo John Miller, comissário adjunta da polícia de Nova York.

Mais cedo, o governador Andrew Cuomo afirmou à CNN que Saipov se radicalizou nos Estados Unidos e o definiu como "um covarde depravado associado ao EI.

"Foi depois de sua chegada aos Estados Unidos que começou a se informar sobre o EI e o islã radical", explicou o governador, acrescentando que não há indícios de outros planos de atentados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos