Suu Kyi visita zona de crise dos rohingyas

Yangon, 2 Nov 2017 (AFP) - A líder birmanesa Aung San Suu Kyi visitou nesta quinta-feira, pela primeira vez, o oeste do país, onde em agosto o Exército lançou uma campanha de repressão que obrigou os muçulmanos rohingyas a fugir em massa para Bangladesh.

"A conselheira de Estado (título oficial de Suu Kyi, prêmio Nobel da Paz) se encontra em Sittwe e visitará Maungdaw e Buthidaung", declarou à AFP Zaw Htay, porta-voz do governo, ao mencionar dois distritos do norte do Estado de Rakain, epicentro de violências classificadas pela ONU de "depuração étnica".

Ao menos 900.000 rohingyas fugiram de Mianmar para o sul de Bangladesh desde o início das operações militares contra os rebeldes desta minoria.

bur-tib/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos