Confira as datas importantes do Estado Islâmico no Iraque e na Síria

Bagdá, 3 Nov 2017 (AFP) - Estas são as datas-chave do grupo extremista Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria:

- Criação do EIIL -- 9 de abril de 2013: O líder extremista Abu al Baghdadi anuncia uma fusão de seu grupo Estado Islâmico no Iraque (EII) com a Frente al-Nosra, que combatia o regime na Síria, para formar o Estado Islâmico no Iraque e no Levante (EIIL).

Mas a Al-Nosra rejeita a liderança de Baghdadi e declara fidelidade ao chefe da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri. A Al-Qaeda se nega a reconhecer o EIIL no início de 2014.

- Queda de Raqa na Síria -- 14 de janeiro de 2014: O EIIL conquista a cidade de Raqa, no norte da Síria, após fortes combates com rebeldes rivais. Raqa se torna seu reduto.

- Captura de Mossul no Iraque -- 9 de junho de 2014: no noroeste do Iraque, o EIIL lança uma forte ofensiva e se apodera de Mossul, segunda cidade do país. Posteriormente, durante o verão conquista grandes territórios nos confins do Curdistão iraquiano autônomo, expulsando dezenas de milhares de integrantes das minorias cristã e yazidi.

- Proclamação do 'califado' -- 29 de junho de 2014: O EIIL proclama um "califado" dirigido por seu chefe Al Baghdadi, convertido em "califa Ibrahim" dos territórios conquistados no Iraque e na Síria, e muda o nome do grupo para "Estado Islâmico" (EI).

No dia 5 de julho, Al Baghdadi aparece pela primeira vez em um vídeo publicado nos sites extremistas, e convoca os muçulmanos a obedecê-lo.

- Coalizão dirigida por Washington -- 8 de agosto de 2014: os Estados Unidos lançam bombardeios anti-EI no Iraque, e depois constituem uma coalizão internacional. Em setembro, ajudado por aliados árabes, Washington realiza os primeiros bombardeios contra os extremistas na Síria.

- Derrotas no Iraque -- 31 de março de 2015: As forças iraquianas recuperam Tikrit (norte de Bagdá) das mãos do EI, que controlava a cidade há 10 meses.

- 9 de fevereiro de 2016: O EI é expulso de Ramadi, capital da província de Al-Anbar. Em 26 de junho, o exército retoma Fallujah, a primeira cidade iraquiana controlada pelo EI desde janeiro de 2014.

- 10 de julho de 2017: o primeiro-ministro iraquiano Haider al-Abadi proclama a libertação de Mossul, após uma ofensiva de nove meses lideradas pelas forças federais apoiadas pela coalizão.

- 31 de agosto: o governo anuncia a reconquista completa de Tal Afar (norte) e Nínive, uma das maiores províncias controladas pelo EI.

- 5 de outubro: Abadi anuncia a "libertação" de Hawija, o último grande centro urbano do EI no Iraque.

- 3 de novembro: as forças iraquianas entram em Al-Qaim, o último bastião do EI no Iraque.

- Retiradas na Síria -- 26 de janeiro de 2015: o EI é expulso de Kobane, cidade síria fronteiriça com a Turquia, após quatro meses de violentos combates travados por forças curdas com o apoio de bombardeios da coalizão.

- 6 de agosto de 2016: As Forças Democráticas Sírias (FDS, coalizão apoiada por Washington, dominada por curdos, mas com combatentes árabes e turcomanos) se apoderam de Minbej, controlada desde 2014 pelo EI.

- 24 de agosto: Rebeldes apoiados pela aviação e tanques do exército turco assumem Jarablos.

- 24 de fevereiro de 2017: o exército turco anuncia a captura de Al-Bab.

Estas quatro cidades estão localizadas na província do norte de Aleppo.

- 2 de março: A antiga cidade de Palmira (centro) é tomada pelo regime sírio com o apoio de seu aliado russo.

A localidade mudou de mãos várias vezes desde o início do conflito.

- 5 de agosto: o exército apodera-se de Al-Sukhna, o último reduto do EI na província de Homs (centro) e a última cidade no caminho de Deir Ezzor (leste), onde as tropas pró-regime estavam sitiadas desde janeiro de 2015.

- 17 de outubro: As FDS assumem o controle de Raqa, "capital" do EI na Síria, depois de meses de combates, reduzindo a quase nada o "califado".

- 3 de novembro: o exército sírio recupera o controle total de Deir Ezzor, o último grande centro urbano onde o EI ainda estava presente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos