Partido deseja que Puigdemont lidere lista nas eleições catalãs

Barcelona, 5 Nov 2017 (AFP) - O presidente catalão destituído Carles Puigdemont será o cabeça de lista de seu partido, o PDeCAT, nas eleições regionais, anunciou a formação neste domingo.

"Queremos que o presidente Puigdemont seja a pessoa a liderar este grande transbordamento nas urnas que faremos no dia 21 (de dezembro). Que seja ele", anunciou a porta-voz do Partido Democrata Europeu Catalão, Marta Pascal, em um discurso ao fim da reunião da formação independentista.

O partido insistiu na ideia de "uma grande lista unitária" liderada por Puigdemont, algo que seus sócios de governo até agora se opõem.

"A nossa é uma aposta de conjunto, (...) uma grande lista unitária que incorpore todas as sensibilidades", disse Pascal.

A porta-voz anunciou que o partido quer que seus políticos presos estejam nas listas.

"A nossa é uma aposta para que aqueles que estão privados de liberdade (...) possam fazer parte de nossas listas", continuou.

Segundo uma pesquisa publicada pelo jornal barcelonês La Vanguardia, o PDeCAT passaria a ser a quarta força política.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos