Pesquisas mostram que independentismo catalão perderá votos nas eleições de dezembro

Barcelona, 5 Nov 2017 (AFP) - O partido independentista catalão ERC deve ser o vencedor das eleições regionais de dezembro, mas o separatismo em seu conjunto perderá votos e pode ficar sem a maioria absoluta, apontam duas pesquisas publicadas neste domingo.

De acordo com a pesquisa do instituto GAD3, publicada pelo jornal La Vanguardia (Barcelona) e realizada após a detenção de vários membros do governo catalão deposto, o independentismo receberia 46% dos votos, 1,8% a menos que em 2015.

Os três partidos unionistas - Cidadãos, Partido Popular e Partido Socialista da Catalunha - conseguiriam 44%, 5% a mais que na eleição anterior. Os outros 10% seriam votos para um partido não independentista mas que defende a realização de um referendo, 'Catalunya en Comú'.

As três forças independentistas iriam de 66 a 69 deputados, quando a maioria absoluta na Câmara regional é de 68, segundo o jornal La Vanguardia.

O vencedor claro das eleições seria a ERC (Esquerda Republicana da Catalunha), com 45-46 deputados, seguida por Cidadãos (27-28) e PSC (19-20).

O PDeCAT, partido do presidente destituído Carles Puigdemont, que está na Bélgica e é procurado pela justiça espanhola, passaria a ser a quarta força política (14-15).

O líder da ERC, Oriol Junqueras, está em prisão preventiva como suspeito de rebelião e sedição por seu suposto papel na declaração de independência de 27 de outubro, que não foi concretizada.

Uma pesquisa publicada pelo jornal madrileno La Razón, realizada pelo instituto NC Report, aponta que os três partidos independentistas conseguiriam 65 deputados em seu conjunto, sete a menos que nas eleições 2015. Em porcentual de votos, isto significaria uma queda de 47,8% a 43,3%.

Em número de votos, os separatistas passariam de 1,9 milhão em 2015 a 1,7 milhão, sobre um total de mais de 5 milhões de eleitores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos