Direita de Berlusconi vence eleições regionais na Sicília

Roma, 7 Nov 2017 (AFP) - A direita liderada pelo ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi venceu as eleições regionais de domingo na Sicília, superando o Movimento 5 Estrelas (M5S), de acordo com os resultados definitivos publicados nesta terça-feira.

Nello Musumeci, apoiado por Silvio Berlusconi, do partido Força Itália, recebeu 39,84% dos votos, contra 34,65% do candidato do M5S Giancarlo Cancelleri.

Musumeci, 62 anos, ex-militante do pós-fascista Movimento Social Italiano, será o próximo governador da Sicília.

As eleições regionais representaram um teste importante antes das legislativas previstas para o início de 2018.

O M5S almejava vencer a sua primeira região. O resultado eleitoral constitui um sério revés para a centro-esquerda, que governava a região há cinco anos.

Também significa mais um retorno ao cenário político de Silvio Berlusconi, ex-chefe de Governo, magnata dos meios de comunicação e, aos 81 anos, esfinge da vida política no país.

Fabrizio Micari, candidato do Partido Democrata (PD) de Matteo Renzi, limitou as perdas ante o adversário de esquerda Claudio Fava, com 18,65% dos votos para o primeiro, contra 6,14% para o segundo. Mas a derrota pode ser considerada total para a centro-esquerda.

Com 4,5 milhões de eleitores convocados para escolher o governador e os representantes da Assembleia regional, as eleições na Sicília representam o último grande teste antes das legislativas, que devem acontecer entre fevereiro e abril do próximo ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos