Trump: Coreia do Norte é uma "ameaça mundial que exige uma resposta mundial"

Seul, 7 Nov 2017 (AFP) - A Coreia do Norte representa uma "ameaça mundial que exige uma resposta mundial", afirmou nesta terça-feira o presidente americano Donald Trump em Seul, onde elogiou o papel "muito útil" do presidente chinês Xi Jinping nesta crise.

"Esperamos que, da mesma maneira, a Rússia seja útil", completou Trump, que citou "muitos progressos" na questão norte-coreana, mas reiterou que "se for necessário" recorrerá à opção militar contra a Coreia do Norte.

"Sim, vejo algumas coisas em movimento", disse Trump ao final de uma entrevista coletiva com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-In.

"Penso que fazemos muitos avanços", completou, sem revelar detalhes, o presidente dos Estados Unidos, que faz uma visita de um dia à Coreia do Sul dentro de uma viagem por vários países da Ásia.

Ao lado de seu colega-sul-coreano, a quem havia criticado em setembro por ter proposto um diálogo diplomático com a Coreia do Norte, Trump destacou que a aliança entre Washington e Seul é "mais importante que nunca".

"No final, tudo vai dar certo" a respeito da Coreia do Norte, prometeu Trump durante uma visita a Camp Humphreyrs, base dos 28.500 militares americanos presentes na Coreia do Sul e que fica 90 km ao sul da capital Seul.

"Vamos encontrar uma solução, temos que encontrar uma solução", completou Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos