Excedente comercial da China com EUA registra queda

Pequim, 8 Nov 2017 (AFP) - O excedente comercial da China com os Estados Unidos registrou queda em outubro, mas continua próximo do recorde, em um momento de estagnação da exportações do país, de acordo com dados oficiais divulgados antes da visita do presidente americano Donald Trump a Pequim.

O excedente do país asiático em relação aos Estados Unidos caiu a 26,6 bilhões de dólares, contra os 28,2 bilhões de setembro (dado revisado).

O resultado, no entanto, representa um amento de 10% em ritmo anual. Nos 10 primeiros meses do ano, o déficit comercial americano com a China foi de 223 bilhões de dólares.

Trump, que denuncia o desequilíbrio do comércio entre os dois países, desembarcou em Pequim nesta quarta-feira para uma visita na qual deve abordar as questões comerciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos