UE aprovará sanções contra a Venezuela, incluindo embargo sobre as armas

Bruxelas, 8 Nov 2017 (AFP) - Os embaixadores dos 28 países da União Europeia concordaram nesta quarta-feira com a adoção de sanções, incluindo um embargo sobre o fornecimento de armas, contra a Venezuela, em resposta à crise política que atinge o país, segundo fontes diplomáticas.

As sanções também vão proibir as empresas europeias de fornecer material de vigilância eletrônica que poderia servir para reprimir a oposição ao regime do presidente Nicolas Maduro.

Elas vão ser formalmente adotadas na segunda-feira pelos ministros das Relações Exteriores dos países do bloco europeu durante sua reunião mensal em Bruxelas, de acordo com as fontes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos