Jogadora de futebol dos EUA Hope Solo acusa Blatter de assédio sexual

Lisboa, 10 Nov 2017 (AFP) - A estrela do futebol feminino dos Estados Unidos Hope Solo acusou Sepp Blatter de assédio sexual nesta sexta-feira, afirmando que o ex-presidente da FIFA apalpou suas nádegas na cerimônia da Bola de Ouro de 2013.

Solo, de 36 anos, goleira de destaque no seu país, afirmou que Blatter, de 81 anos, a assediou quando ela estava prestes a entregar um prêmio a sua colega Abby Wambach.

"Sepp Blatter agarrou minha bunda, foi há alguns anos na cerimônia da Bola de Ouro, pouco antes de eu entrar no palco", disse Solo ao jornal português Expresso.

Um porta-voz de Blatter declarou que a acusação era "ridícula".

Solo, vencedora da Copa do Mundo e duas vezes campeã olímpica, fez as acusações às margens da Web Summit, realizada em Lisboa.

Ela disse que o assédio sexual por parte de funcionários do sexo masculino era um problema comum no futebol feminino.

"Eu vi isso durante toda a minha carreira, e eu gostaria de ver mais atletas falando sobre suas experiências", disse Solo.

"Está fora de controle, não apenas em Hollywood, mas em todos os lugares", acrescentou, em referência à avalanche de denúncias de assédio sexual no mundo do entretenimento, da política e do esporte desde que foi revelado o escândalo do produtor de Hollywood Harvey Weinstein.

Blatter foi presidente da FIFA de 1998 até 2015, quando foi banido por corrupção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos