Moradores de rua de cidade indiana retirados antes da chegada de Ivanka Trump

Nova Délhi, 10 Nov 2017 (AFP) - A cidade indiana de Hyderabad emitiu um decreto proibindo a mendicância nos espaços públicos, informou nesta sexta-feira a polícia, antes da chegada de Ivanka Trump para uma reunião.

A filha do presidente dos Estados Unidos se juntará ao primeiro ministro indiano Narendra Modi e a outros dirigentes para o Global Entrepreneurship Summit, celebrado em Hyderabad no fim de novembro.

Em meio aos preparativos, a polícia local ordenou por decreto expulsar os moradores de rua que representariam, entre outras coisas, "um perigo para o tráfico de pessoas e veículos", segundo a imprensa indiana.

Essas pessoas não poderão retornar à cidade em 7 de janeiro, e em caso contrário podem ser castigados com multas ou prisão.

Um responsável da polícia informou que essa medida faz parte da "habitual luta antimendicância" e não tem a ver com a visita de Ivanka Trump.

A prefeitura habilitou um centro onde os moradores de rua poderão ser alojados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos