Síria: 50 civis foram mortos em bombardeios desde sexta, diz OSDH

Beirute, 12 Nov 2017 (AFP) - Pelo menos 50 civis morreram em bombardeios, principalmente por parte da Força Aérea russa, contra dois campos de deslocados e setores contíguos do leste da Síria desde sexta-feira à noite (10) - informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Desse total, 20 seriam crianças, todos mortos nesses ataques aéreos, cometidos sobre dois campos e aldeias que abrigam civis que fugiram de Bukamal, o último reduto controlado pelo grupo Estado Islâmico (EI). A cidade fica perto da fronteira com o Iraque.

No sábado, a ONG já havia anunciado a morte de 26 civis. O balanço foi revisto neste domingo, depois que 13 vítimas não resistiram aos ferimentos e faleceram, acrescentou o Observatório.

Além disso, 11 civis perderam a vida em novos bombardeios russos hoje contra dois pontos de passagem usados pela população para cruzar o Eufrates.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos