Militar norte-coreano ferido a tiros ao desertar para o Sul

Seúl, Corea del Sur, 13 Nov 2017 (AFP) - Um militar norte-coreano foi ferido a tiros ao desertar para o Sul na zona desmilitarizada (DMZ) que divide a península, informou nesta segunda-feira a agência sul-coreana Yonhap.

O soldado passou ao Sul da "zona comum de segurança", antes de ser levado para um hospital sul-coreano em consequência dos ferimentos provocados por tiros de outro militar norte-coreano, indicou a agência, que citou o Estado-Maior sul-coreano.

Apesar do nome, a DMZ é provavelmente a fronteira mais militarizada do mundo. Esta faixa de terra de 4 quilômetros de largura por 248 km de comprimento, que demarca a fronteira entre os dois Estados, tem cercas elétricas, campos minados e muros antitanques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos