ONU condena Coreia do Norte por testes nuclear e balístico

Nações Unidas, Estados Unidos, 14 Nov 2017 (AFP) - O Comitê de Direitos Humanos da Assembleia Geral das Nações Unidas condenou nesta terça-feira a Coreia do Norte por realizar testes nucleares e balísticos enquanto seu povo passa fome.

Em resolução redigida pela União Europeia e Japão e adotada por consenso, o Comitê manifesta ainda sua preocupação com o desempenho de Pyongyang em matéria de direitos humanos.

A medida será debatida na Assembleia Geral da ONU em dezembro.

A Coreia do Norte realizou este ano seu sexto teste nuclear e uma série de disparos de mísseis, incluindo balísticos intercontinentais, enquanto 70% da população - cerca de 18 milhões - padece com a falta de alimentos.

Com o apoio de 61 países, a resolução condena Pyongyang por "desviar seus recursos para a obtenção de armas nucleares e mísseis balísticos em detrimento do bem-estar de seu povo".

Mais da metade da população norte-coreana sofre com a escassez de alimentos e cerca de 25% vive em desnutrição crônica, destaca o texto, que também condena a "prolongada" e "sistemática" violação dos direitos humanos.

O Comitê manifesta ainda sua preocupação com "torturas, execuções sumárias, prisões arbitrárias e sequestro de estrangeiros dentro e fora de seu território".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos