Grécia de luto por inundações que deixaram 15 mortos

Atenas, 16 Nov 2017 (AFP) - A Grécia estava de luto nesta quinta-feira após as inundações que mataram ao menos 15 pessoas perto de Atenas, uma "catástrofe anunciada" segundo a imprensa e especialistas, que criticaram décadas de urbanismo errático.

Segundo os bombeiros, cinco pessoas continuam desaparecidas um dia após a invasão de lama nas localidades de Nea Peramos, Mandra e Megara, cerca de 50 km ao oeste de Atenas.

A preocupação das autoridades aumentou com as chuvas torrenciais que caíam em toda a região da capital.

A imprensa grega criticou nesta quinta-feira a falta de respeito às regras de urbanismo.

O primeiro-ministro Alexis Tsipras reagiu na quarta-feira à noite decretando "luto nacional", uma medida essencialmente simbólica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos