Alemanha: negociações prorrogadas para formação de governo

Berlim, 17 Nov 2017 (AFP) - Conservadores, liberais, e ecologistas alemães prorrogaram para esta sexta-feira as negociações para a formação de um governo, depois que não alcançaram um acordo até a data limite de 16 de novembro.

A chanceler Angela Merkel, que admitiu na quinta-feira a existência de "divergências profundas" com os possíveis sócios de governo, se reunirá novamente com os partidos a partir da 12H00 (9H00 de Brasília), para uma última tentativa de formar uma coalizão.

Após longas conversações, que entraram pela madrugada, um dos líderes da União Democrata Cristã (CDU), Volker Kauder, afirmou que as negociações podem continuar durante o fim de semana.

Caso os três partidos não alcancem um acordo, o país provavelmente terá novas eleições. Se um pacto for concluído, os partidos começarão a redigir um "contrato de coalizão" para formar o quarto governo liderado por Merkel.

"Vamos para a prorrogação", disse o copresidente do Partido Verde, Cem Özdemir.

"Ainda existem divergências, sobretudo a respeito das questões de imigração e política financeira", reconheceu o líder do Partido Liberal (FDP), Christian Lindner, que, no entanto, se mostrou otimista.

bur-ilp/alf/ole/pa/ra/gm/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos