Promotoria belga quer ex-presidente catalão seja extraditado para Espanha

Bruxelas, 17 Nov 2017 (AFP) - A Promotoria belga pediu nesta sexta-feira que a justiça aplique a ordem de prisão europeia emitida pela Espanha contra o dirigente separatista catalão Carles Puigdemont e quatro ex-conselheiros do governo regional catalão destituídos por Madri, anunciaram os advogados.

A defesa poderá apresentar as alegações até 4 de dezembro.

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou que acatará a decisão que a justiça belga tomar.

"Confio no poder judicial e, principalmente, respeito e acato suas decisões", assegurou Rajoy.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos