As maiores baleias do mundo são em sua maioria 'destras' (estudo)

Miami, 20 Nov 2017 (AFP) - As baleias-azuis, os maiores animais do mundo, costumam favorecer o lado direito quando investem para pegar alimentos - uma preferência semelhante a ser destro em humanos, disseram pesquisadores nesta segunda-feira.

Mas, em certas ocasiões, quando se movem para cima em águas rasas, essas criaturas destras quase sempre viram para a sua esquerda, a fim de manter o olho em suas presas - pequenos crustáceos conhecidos como krill.

O motivo da escolha nessa situação específica é provavelmente simples: obter a maior quantidade possível de alimentos, segundo um estudo publicado na revista científica Current Biology.

"Este é o primeiro exemplo em que os animais apresentam diferentes comportamentos lateralizados dependendo do contexto da tarefa que está sendo realizada", disse o coautor James Herbert-Read, da Universidade de Estocolmo, na Suécia.

O estudo foi baseado na análise do movimento de 63 baleias-azuis (Balaenoptera musculus) ao longo da costa da Califórnia.

Essas criaturas gigantes têm o comprimento de quase três ônibus escolares, e seu peso representa o de 25 elefantes.

Os cientistas analisaram mais de 2.800 mergulhos de alimentação, em que as baleias fazem curvas fechadas ao passar por uma área de krill, a fim de comer o máximo possível.

A maioria das baleias azuis guinam à direita em águas profundas, onde está escuro e há muito krill, de modo que o contato visual não é tão importante.

Mas quando a profundidade da água está entre três e 30 metros, a maioria prefere girar para a esquerda em um ângulo íngreme.

Os pesquisadores acreditam que isso acontece porque as presas tendem a ser menos abundantes no raso, e se mover para a esquerda permite que as baleias mantenham o olho direito em seu alvo.

"Estes são os maiores animais do planeta, e se alimentar é um comportamento extraordinariamente oneroso, que leva tempo, por isso ser capaz de maximizar o benefício em cada oportunidade de alimentação é fundamental", disse o autor principal, Ari Friedlaender, especialista em cetáceos do Instituto de Mamíferos Marinhos da Universidade do Estado do Oregon.

"E acreditamos que essa rotação para o lado esquerdo é um mecanismo para ajudar a alcançar isso", acrescentou.

"Se as baleias virassem para a direita na aproximação, perderiam de vista suas presas e diminuiriam a capacidade de forragear com sucesso. Ao virar para a esquerda, as baleias podem manter essa conexão visual com suas presas".

Os cientistas esperam estudar mais baleias para ver se outras espécies também apresentam uma preferência por voltas à esquerda em alguns contextos.

"Nós ficamos completamente surpresos com essas descobertas, mas quando consideramos os meios pelos quais as baleias atacam áreas de presas menores, o comportamento realmente parece ser efetivo, eficiente e em consonância com os mecanismos que conduzem seus comportamentos rotineiros de alimentação", disse Friedlaender.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos