Protestos na RDC entre abril e outubro fizeram 56 mortos

Kinshasa, 20 Nov 2017 (AFP) - Pelo menos 56 pessoas morreram, incluindo 52 a tiros, durante protestos entre abril e outubro na República Democrática do Congo, indicou nesta segunda-feira o influente episcopado congolês.

Um relatório elaborado por 200 observadores implantados no campo pelo episcopado aponta "pelo menos 56 mortes durante esse período, das quais 52 por bala, uma por gás lacrimogêneo e três policiais mortos pelos manifestantes", de acordo com um relatório da Conferência Episcopal Nacional do Congo (CENCO).

bmb-st/lp.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos