Ao menos 50 mortos em atentado no nordeste da Nigéria

Kano, Nigéria, 21 Nov 2017 (AFP) - Ao menos 50 pessoas morreram nesta terça-feira em um atentado suicida em Mubi, uma cidade do nordeste da Nigéria, foco da insurreição do grupo extremista Boko Haram há oito anos, segundo um balanço policial.

"No momento, temos pelo menos 50 mortos e vários feridos após um ataque suicida contra uma mesquita de Mubi durante a oração matutina", declarou à AFP o porta-voz da polícia do estado de Adamawa, Othman Abubakar.

O homem-bomba "se misturou aos fiéis" para entrar na mesquita e "ativou os explosivos" durante as orações, completou o policial.

Os feridos, um número não revelado, foram transferidos para os hospitais da região.

O atentado não foi reivindicado até o momento, mas tem a marca do grupo Boko Haram, que executa ataques suicidas na região.

As ações do grupo extremista nos últimos oito anos deixaram pelo menos 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados no nordeste da Nigéria.

O estado de Adamawa, muito afetado pela violência no auge da insurreição em 2014-2015, registrou um progressivo e frágil retorno à calma na comparação com o estado vizinho de Borno, epicentro do conflito.

Mas os ataques extremistas foram retomados nas últimas semanas nesta região fronteiriça com Camarões e próxima aos montes Mandara, onde o Boko Haram tem vários acampamentos.

abu-cl/jhd/ra/es/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos