Chefe da diplomacia norte-coreana visita Cuba

Havana, 21 Nov 2017 (AFP) - O ministro norte-coreano das Relações Exteriores, Ri Yong Ho, chegou na segunda-feira (20) em Havana, onde deverá encontrar o chanceler cubano.

Em um breve comunicado publicado nesta terça-feira (21), o ministério das Relações Exteriores cubano indicou que o chefe da diplomacia norte-coreana vai se reunir com o chanceler Bruno Rodríguez e participará de "outras atividades".

A visita acontece em um contexto de grande tensão diplomática entre Pyongyang e Washington após os vários testes recentes de mísseis balísticos e nucleares realizados pelo país asiático.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na segunda-feira a reincorporação da Coreia do Norte em sua lista de países que patrocinam o terrorismo, em mais uma tentativa de fortalecer o isolamento internacional de Pyongyang.

Cuba, um país comunista, é um dos poucos aliados do governo de Kim Jong-un.

Em 23 de setembro, em um discurso nas Nações Unidas, Ho criticou Trump e expressou "forte apoio e solidariedade com o governo e povo cubanos".

Havana e Washington restabeleceram relações diplomáticas em dezembro de 2014 após meio século de ruptura, mas a aproximação foi paralisada desde a chegada de Trump à Casa Branca.

Em maio, o presidente Raúl Castro expressou sua solidariedade ao líder sindical norte-coreano Ju Yong-gil, que visitou a capital cubana.

No ano passado, a Coreia do Norte enviou a Choe Ryong-hae, uma importante autoridade do governo, ao funeral do líder cubano Fidel Castro, morto em 25 de novembro de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos