El Salvador registra novas mortes de tartarugas marinhas em sua costa

San Salvador, 21 Nov 2017 (AFP) - El Salvador registrou novos casos de tartarugas marinhas mortas em praias de seu litoral no Pacífico, depois de que centenas de quelônios morreram no início de novembro, informou nesta terça-feira (21) o Ministério do Meio Ambiente.

Na segunda-feira apareceram os restos de "várias" tartarugas marinhas em praias dos departamentos de La Libertad e Sonsonate, indicou o órgão em sua conta de Twitter.

O prefeito de Puerto de La Libertad, Miguel Jiménez, disse que pescadores encontraram os restos de seis tartarugas em praias do departamento de La Libertad.

"Isto é preocupante, são animais importantes e é preciso descobrir o que está acontecendo, o que está causando a morte das tartarugas", comentou Jiménez.

O Ministério do Meio Ambiente indicou que equipes de especialistas da instituição tomaram amostras de tecido para determinar a causa de morte dos quelônios.

No início de novembro, as autoridades ambientais reportaram que centenas de tartarugas tinham aparecido mortas nas águas do Pacífico.

Após testes de laboratório, especialistas determinaram que os animais tinham morrido devido a uma proliferação de microalgas tóxicas que chegaram à costa salvadorenha após a passagem da tempestade Selma, que afetou parte da América Central no final de outubro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos