EUA: 4 em cada 10 cânceres são causados por 'riscos evitáveis'

Miami, 21 Nov 2017 (AFP) - Cerca de quatro em cada 10 cânceres nos Estados Unidos foram causados por escolhas de estilo de vida - como fumar e comer mal - e outros riscos que podem ser evitáveis, disseram pesquisadores nesta terça-feira.

O objetivo do estudo era calcular "a contribuição de vários fatores de risco modificáveis para a ocorrência de câncer", destaca o trabalho publicado na revista científica CA: A Cancer Journal for Clinicians.

Fatores que são conhecidos por aumentar o risco de câncer incluem o tabagismo, a exposição ao fumo passivo, o excesso de peso corporal, o consumo de álcool, a ingestão de carne vermelha ou processada e o baixo consumo de frutas e vegetais, afirmou o estudo.

Outros incluem não ingerir fibras ou cálcio suficientes, falta de exercício, exposição à luz ultravioleta e infecção sexual pelo vírus do papiloma humano (HPV), que pode causar câncer cervical e genital, assim como tumores na região da cabeça e pescoço.

Os pesquisadores analisaram a prevalência desses fatores de risco conhecidos e em que medida eles aumentam o risco de câncer, para estimar a proporção de cânceres que causam.

Os cientistas então aplicaram essas proporções aos dados atuais sobre câncer para estimar o número de casos e óbitos associados para 26 tipos de câncer.

Do total de 1,57 milhão de casos de câncer nos Estados Unidos em 2014, os pesquisadores determinaram que 42% eram atribuíveis a esses fatores de risco modificáveis.

Eles encontraram que um número similar de mortes (45%) poderia estar vinculado a esses fatores.

O maior risco foi o tabagismo, que representou 19% dos casos de câncer e quase 29% das mortes.

Em seguida está o excesso de peso corporal, com 7,8% dos casos e 6,5% das mortes.

O álcool ficou em terceiro lugar, responsável por 5,6% dos casos e 4% das mortes por câncer.

Foi estimado que a radiação UV tenha causado 4,7% dos cânceres e 1,5% das mortes.

A inatividade física foi responsável por quase 3% dos casos e 2,2% das mortes.

Não comer frutas ou vegetais suficientes foi associado a quase 2% dos casos de câncer e quase 3% das mortes.

A infecção por HPV representou quase 2% dos casos e 1% das mortes.

Os pesquisadores descobriram que dois tipos de câncer tiveram a maior quantidade de casos e de óbitos devido a esses fatores de risco - câncer de pulmão e câncer de cólon.

Uma melhor educação sobre prevenção do câncer e o acesso a cuidados de saúde preventivos devem ser partes fundamentais da batalha contra o câncer nos Estados Unidos, concluiu o estudo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos