Topo

Rússia nega acidente nuclear após detecção de poluição radioativa

21/11/2017 09h02

Moscou, 21 Nov 2017 (AFP) - A agência nuclear russa, Rosatom, assegurou nesta terça-feira que não registrou "nenhum incidente nem problema" em suas instalações nucleares apesar da poluição radioativa por rutênio 106 detectada pelos serviços meteorológicos do país.

O anúncio, divulgado pela assessoria de imprensa da Rosatom, acontece um dia depois de a agência meteorológica russa Rosguidromet confirmar a detecção de concentrações "muito elevadas" de rutênio 106, um isótopo radioativo, no fim de setembro no sul dos Urais.

"O radioisótopo Ru-106 foi detectado pelas estações de observação de Arguaiach e Novogorny" entre 25 de setembro e 1 de outubro, indicou a agência russa na segunda-feira.

Em Arguaiach foi detectada uma "concentração extremamente elevada (...) superando 986 vezes" a taxa de rutênio 106 registrada no mês anterior.

apo-tbm/gmo/ggy/ra/pc.