Trump dissolverá fundação beneficente, acusada de irregularidades

Washington, 21 Nov 2017 (AFP) - O presidente americano Donald Trump vai dissolver sua fundação dedicada à caridade, acusada de violar a regra que impede que uma organização sem fins lucrativos repasse dinheiro para seus líderes ou suas famílias, de acordo com a imprensa local.

Já em 2016, Trump assegurou que fecharia sua fundação para evitar conflitos de interesses, após as revelações de que a entidade estava envolvida em práticas duvidosas, como contribuições políticas, pagamentos de litígios judiciais e até mesmo na compra de um enorme retrato do presidente.

Em sua última declaração de impostos, a Fundação Trump anunciou a intenção de fechar as portas e solicitou autorização para distribuir seus fundos remanescentes, de acordo com um relatório publicado na segunda-feira pela NBC News.

Segundo o jornal Washington Post, um dos campos de golfe pertencentes ao presidente recebeu uma contribuição de cerca de 158.000 dólares da fundação, dinheiro utilizado para pagar um acordo judicial.

A fundação, que afirma possuir menos de um milhão de dólares em ativos, "quer distribuir seus ativos remanescentes o mais rápido possível para ajudar inúmeras organizações de caridade", disse um porta-voz à NBC News.

A dissolução da fundação se tornará oficial quando uma investigação iniciada pelo procurador de Nova York acabar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos