Mnangagwa declara que o Zimbábue entra em 'nova democracia'

Harare, 22 Nov 2017 (AFP) - Emmerson Mnangagwa, que se prepara para suceder Robert Mugabe na presidência do Zimbábue, anunciou nesta quarta-feira o "início de uma nova democracia", em seu primeiro discurso desde o início da crise.

"Hoje, assistimos ao início de uma nova democracia", lançou a centenas de pessoas reunidas em frente à sede do partido no poder, o Zanu-PF.

Ele também lançou um apelo "a todos os patriotas" do seu país "a trabalharem juntos".

sn-chp/pa/stb/es/jz/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos