PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Imã é condenado na Suíça por "incitação ao crime"

23/11/2017 16h26

Genebra, 23 Nov 2017 (AFP) - Um imã da mesquita An'Nur, na localidade suíça de Winterthur, perto de Zurique, foi condenado nesta quinta-feira a 18 meses de prisão condicional e uma proibição de 10 anos de entrada no território por "incitação ao crime", informou a agência de notícias suíça ATS.

Em um sermão pronunciado em 21 de outubro de 2016, esse imã de 25 anos e nacionalidade etíope emitiu um "chamado para assassinar muçulmanos que se recusam a participar nas orações comuns na mesquita", segundo a promotoria distrital.

O tribunal distrital de Wintherthur seguiu a recomendação da promotoria, que pediu prisão condicional, mas uma pena de proibição de entrada no território superior, de 15 anos.

Desde então, a mesquita permaneceu fechada, bem como a associação que a administrava.

O antecessor do imã condenado também teve que abandonar a mesquita por acusações extremistas.

Internacional