PUBLICIDADE
Topo

Incêndio em fábrica de gofres em Bruxelas provoca atrasos em trens internacionais

23/11/2017 15h31

Bruxelas, 23 Nov 2017 (AFP) - Um incêndio devastou nesta quinta-feira uma fábrica de gofres em Bruxelas, interrompendo temporariamente o tráfego ferroviário na Bélgica e também conexões com Paris e Londres.

O incêndio, de acordo com a imprensa, aparentemente começou no sistema de resfriamento dos fornos utilizados para assar os gofres, um patrimônio gastronômico nacional na Bélgica, juntamente com a cerveja, o chocolate e as batatas fritas.

O fogo, que parecia controlado no final da tarde, não deixou feridos. No entanto, devido à significativa fumaça liberada, as autoridades foram forçadas a evacuar uma escola e empresas vizinhas, bem como pedir aos vizinhos que não saíssem de casa para evitar respirar partículas contaminantes.

O tráfego ferroviário na estação Bruxelas-Midi, perto da fábrica localizada na comuna de Forest, foi interrompido por meia hora, causando atrasos nos serviços nacionais e internacionais, como o Thalys (que conecta com Paris, Amsterdã e Colônia).

"As partidas foram interrompidas por causa de um incêndio em uma fábrica perto dos trilhos e aguardamos a autorização das autoridades" para partir para Londres, informou aos passageiros a Eurostar, antes de anunciar que o serviço seria retomado.

Uma centena de pessoas trabalham nesta fábrica da Milcamps, fundada em 1932, que assa gofres, tanto os Bruxelas de massa leve como os açucarados de Liège, para grandes superfícies ou congelados para restaurantes e cafés.